O que você procura?

.

ANÚNCIOS:

Homem poderá viver 150 anos em algumas décadas diz o cientista George Church.

A longevidade é uma busca constante da ciência mas agora estamos falando de uma realidade palpável.


Ele descreve o envelhecimento como o acúmulo de vários danos moleculares e celulares no organismo. “A ideia é adotar o que se poderia chamar de geriatria preventiva, em que você vai regularmente reparar o danos molecular e celular antes que ele chegue ao nível de abundância que é patogênico”.

Não se sabe exatamente como a expectativa de vida vai se comportar no futuro, mas a tendência é clara. Atualmente, ela cresce aproximadamente três meses por ano, e especialistas preveem que haverá 1 milhão de pessoas centenárias no mundo até 2030.

Só no Japão já há mais de 44 mil centenários, e a pessoa mais longeva já registrada no mundo foi até os 122 anos.

O geneticista Aubrey de Grey, diz não apenas que o homem viverá 150 anos, mas que o primeiro humano que viverá 150 anos já nasceu.

E vai além ao afirmar que a primeira pessoa que viverá 1.000 anos nascerá nos próximos 20 anos.

Mas alguns pesquisadores argumentam que a epidemia de obesidade, espalhando-se agora dos países desenvolvidos para o mundo em desenvolvimento, poderá afetar a tendência de longevidade.

As ideias de De Grey podem parecer ambiciosas demais, mas em 2005 o MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) ofereceu um prêmio de 20 mil dólares para qualquer biólogo molecular que provasse que as teorias da Fundação Sens são “tão erradas que nem são dignas de um debate bem informado”.
Ninguém levou a bolada, ninguém provou o contrário.

 Matérias mais vistas em Sorriso na Web

2 comentários :

Postar um comentário

Agradecemos por seu comentário.
Depois de analisado e revisto ele será publicado.
Um grande e sincero Sorriso :-)



 site seguro sorriso na web