O que você procura?

.

ANÚNCIOS:

Compressa quente ou fria, o que e quando usar?



compressa feita com gelo é mais indicada em casos de traumatismo provocado por quedas ou pancadas.

"A ação anestésica do gelo ajuda a evitar que o inchaço e o hematoma na região machucada fiquem muito grandes.

compressa quente deve ser usada numa segunda etapa, cerca de dois dias depois do trauma. Se for uma distensão muscular, aplica-se a compressa quente de cinco a sete dias depois de ocorrer a lesão.
Ela ajuda a aumentar a circulação sangüínea na região afetada, diminuindo os riscos de uma inflamação", segundo a fisioterapeuta Emília Nozawa, da Universidade de São Paulo (USP).

Em algumas situações ainda é feito um terceiro tipo de tratamento; muito usado nos casos pós-imobilização e pós-cirurgia: o chamado contraste.
"Depois que a pessoa retira o gesso, por exemplo, ou passa por uma cirurgia ortopédica, os membros - principalmente os inferiores - permanecem imóveis, o que causa uma circulação mais lenta.
Por isso, é comum aplicar uma alternância de compressas quentes e frias, que acabam funcionando como uma bomba, estimulando a circulação de sangue na região", diz o ortopedista Wagner Taffo Thomazin, também da USP.

É legal dizer ainda que essa técnica do uso dos dois tipos de compressa, o contraste;
Alternância de quente e frio equivale a uma massagem.

 Matérias mais vistas em Sorriso na Web

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Agradecemos por seu comentário.
Depois de analisado e revisto ele será publicado.
Um grande e sincero Sorriso :-)



 site seguro sorriso na web