O que você procura?

.

ANÚNCIOS:

O mundo social dos cachorros.

Uma sociedade é formada de indivíduos.
Indivíduos diferentes entre si, assim é também no mundo canino.


Nós seres humanos buscamos a "igualdade social", bem nem todos, mas é o que deveria ser.

Os cães vivem sobre o princípio da desigualdade social, literalmente.

Se pudéssemos enfileirar 1000 cachorros um ao lado do outro, nenhum deles teria a mesma igualdade dentro da matilha, cada um deles é sempre mais que outro na escala de comando e submissão.

Um exemplo típico é quando alguém tem dois machos de uma mesma ninhada em casa e depois de um tempo eles começam a brigar, conflitam-se com frequencia.

Isso acontece porque um deles terá que ser dominante e outro dominado, e quando isso não ocorre de forma mais natural, as brigas são frequentes podendo levar a sérios desentendimentos.

Também é legal você saber que em uma matilha, e com todo respeito as mulheres, a fêmea é sempre inferior na escala social canina e jamais será ou poderá ser líder ou dominadora.

No grupo social canino as fêmeas são protegidas e submissas. Às vezes em um ambiente onde só haja fêmeas uma delas irá impor sua posição matriarcal mas terá como líder o seu proprietário ou alguém da casa, mas esse líder será, SEMPRE, um homem.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Agradecemos por seu comentário.
Depois de analisado e revisto ele será publicado.
Um grande e sincero Sorriso :-)



 site seguro sorriso na web