O que você procura?

.

ANÚNCIOS:

A lagartixa sobe pelas paredes por causa dos pelos que tem.

lagartixas pelo mundo

Por muito tempo se acreditou que essa incrível habilidade estivesse ligada à existência de microventosas na pata da lagartixa.

Essa hipótese foi descartada porque se percebeu que elas também eram capazes da mesma proeza em superfícies muito lisas e molhadas, onde, supostamente, as microventosas não teriam aderência.

O mistério começou a ser desvendado em 1960, quando o cientista alemão Uwe Hiller sugeriu a existência de um tipo de força atrativa entre as moléculas da parede e as da pata da lagartixa.

Tal força é conhecida na física como força intermolecular de Van der Waals, em homenagem ao físico que a descobriu, o alemão Joahannes Diederik van der Waals.

No final do século 20, uma equipe de cientistas, liderada pelo biólogo americano Kellar Autumn, provou que a aderência da lagartixa à parede era mesmo resultado das forças intermoleculares.

A pesquisa saiu na revista científica Nature, onde Autumn escreveu: "Se todos os pêlos microscópicos das patas, chamados de setae, aderissem simultaneamente e em sua força máxima à parede, duas patas de uma lagartixa poderiam produzir uma força capaz de suspender até uma criança de 20 quilos."

Aderência molecular é a responsável pela vida de paredes das lagartixas.

Capa pata de uma lagartixa tem cerca de 500 mil pêlos de queratina, também chamados de setae. Eles medem de 30 a 130 micrômetros (milionésima parte do metro), o equivalente a um décimo do diâmetro de um fio de cabelo humano.


Incrível não?

Podemos recomendar algumas coisas, basta apenas um clique nas imagens:
 Matérias mais vistas em Sorriso na Web votar na melhor empresa de Sorriso MT Entre em contato com o Sorriso na Web Concorra a prêmios no Super Desafio Rádio Sorriso na web - conheça o site e ouça nossa rádio

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Agradecemos por seu comentário.
Depois de analisado e revisto ele será publicado.
Um grande e sincero Sorriso :-)



 site seguro sorriso na web