O que você procura?

.

ANÚNCIOS:

Entenda mais sobre o budismo

Budismo é a quarta religião com mais adeptos do mundo, ficando atrás apenas do cristianismo, islamismo e hinduísmo.

Sendo uma religião não-teísta, os budistas acreditam que o ser humano está condenado a reencarnar repetidamente e passar pela dor e sofrimento do mundo material.
Eles pregam que o sofrimento é causado pelo materialismo, o desejo que as pessoas tem de obter seus próprios objetos e de desejarem coisas das quais não precisam. O budismo ensina a desapegar dos bens materiais, para assim, atingir a iluminação.

Budismo - Sorriso na Web

Os budistas seguem oito leis: Entendimento, Pensamento, Fala, Ação, Subsistência, Vontade, Consciência e Concentração.

O Budismo nasceu na Índia, um país tradicionalmente Hindu. Seu fundador foi o príncipe hindu Siddharta Gautama, que depois mudou seu nome para Buda (sábio, iluminado).
Aos 16 anos, casou-se com a princesa Yasodhara, escolhida entre 500 pretendentes. Tiveram um lindo filho chamado Radula.

Gautama viveu na corte até os 29 anos. Certo dia, saiu do palácio para passear e encontrou um velho, um doente e um cadáver. Este seu primeiro contato com o mundo fez com que renunciasse a tudo. Mudou-se para uma floresta, onde passou 6 anos em profunda meditação.

Por 45 anos, ele pregou sua doutrina pela Índia. Reis, nobres e príncipes se converteram à sua religião, que tem algumas semelhanças com o hinduísmo.
Uma delas é justamente a crença na reencarnação.

Os budistas pregam que os maus voltam com a aparência de um animal inferior ou um ser azarado. Os bons retornam em condições melhores e, progressivamente, atingem escalas maiores e mais afortunadas, até se tornaram dignos do nirvana (bem aventurado estado do vazio total), onde há a completa libertação dos desejos. Depois desse estágio, a alma não renasce mais para o sofrimento.
A regra de ouro pregada por Buda era: "Tudo o que somos é resultado do que pensamos".

Acredita-se que Buda tenha nascido 547 vezes antes de atingir a chamada iluminação.

Buda - Sorriso na Web

O budismo tibetano surgiu no fim do século VIII, resultado da união das tradições budista e hinduísta com o xamanismo. O Dalai Lama é considerado um bodhisattva (em sânscrito isso significa "o ser destinado à iluminação", "o Buda da Compaixão").
 Muitos rituais do budismo tibetano baseiam-se na doutrina do tantra - por meio de mantras e meditação, a pessoa atinge a libertação espiritual.

O budismo influenciou fortemente diversos pensadores, principalmente o alemão Arthur Schopenhauer. Foi Schopenhauer, aliás, quem introduziu o budismo no pensamento filosófico Ocidental.

Alguns famosos que são adeptos do budismo: Angelina Jolie, Brad Pitt, Richard Gere, Sharon Stone, Tina Turner, Orlando Bloom, Cláudia Raia, Diogo Vilela e Edson Celulari.

Entendendo a filosofia do carma: 

"Tudo o que vai, volta."

Karma - Sorriso na Web

A palavra carma significa "ação".
A ação no budismo tem um sentindo mais amplo do que se imagina.
O budismo classifica essa ação em três categorias: as palavras que falamos, os pensamentos que temos, e o comportamento físico que manifestamos.

O budismo ensina que as ações de todos os tipos - físicas, verbais e mentais - tornam-se causas para efeitos futuros, tanto negativos como positivos.
Refere-se ao carma como leve ou pesado. Carma pesado é aquele que por sua verdadeira natureza produz uma força dominante que faz a pessoa agir de modo a levá-la para a direção oposta daquele que realmente quer ir. Quanto mais pesado for o carma, mais firme ele está preso a vida de uma pessoa.

Como pode-se superar o carma? 

A Lei que governa o domínio e muda o carma é a essência do Sutra de Lótus, o Nam-Myoho-Rengue-Kyo.
Devotando a nossa vida à vida cósmica do Nam-Myoho-Rengue-Kyo, que penetra em todos os fenômenos cósmicos, podemos mudar o carma que foi formado desde o infinito passado até agora.

Essa frase em tradução livre significa: Devotar-se ao Sutra de Lótus, ou Devotar-se à Lei Mística de Causa e Efeito.

Flor de Lótus - Sorriso na Web

Então, quando essa Lei Mística é recitada em voz alta diariamente, a natureza de Buda se revela. A natureza que já está dentro de cada pessoa.

Uma vez que nos baseamos na Lei Mística, podemos definitivamente transformar as nossas vidas para o melhor e ultrapassaremos qualquer impasse. Em qualquer situação, seguir essa lei absoluta com fé absoluta é, na verdade a base da nossa prática.

Fontes: Budismo o Caminho para uma Nova EraBuda na WebMais curiosidadeGuia dos curiosos.


Aproveite para ver o que o Google recomenda dentro do nosso site para você :)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Agradecemos por seu comentário.
Depois de analisado e revisto ele será publicado.
Um grande e sincero Sorriso :-)



 site seguro sorriso na web